Pisos de madeira. Quais os tipos, vantagens, desvantagens e instalação

Um revestimento sempre moderno, confortável e aconchegante. Se você pensou em piso de madeira acertou na mosca. Presente em nossas residências desde a época do Brasil colônia, quando os grandes casarões e palácios ostentavam seus pisos de madeira nobre.

 

Se popularizou nas residências brasileiras na década de 50 e caiu no gosto da arquitetura moderna desde então. Evoluiu, se adaptou ao gosto do mercado e aos estilos, mas nunca mais saiu de moda.

 

A seguir vamos lhe mostrar que além da elegantes e sofisticados  o piso de madeira tem muitos benefícios.

Benefícios do piso de madeira

Conforto térmico

Caminhar descalço sob um revestimento de madeira é sempre uma experiência prazerosa. Isso porque a madeira é um ótimo isolante térmico. Essa característica impede tanto a passagem de calor quanto de frio, ou seja, mantém sempre uma temperatura agradável ao toque.

 

Isso acontece por conta da estrutura celular da madeira e de suas membranas de celulose que deixam o material com baixa capacidade de condução de temperatura.

 

Pisos de madeira são construídos com madeira seca, o que também contribui para o seu ótimo desempenho como isolante térmico.

 

Essa característica faz do piso de madeira o revestimento ideal para salas de estar, salas de TV e quartos, especialmente de crianças pequenas que podem brincar à vontade no chão sem ter contato com a friagem.

Foto: Evelyn Muller Fotos

Durabilidade e resistência

A durabilidade do piso de madeira é outra característica positiva desse tipo de revestimento.

 

Eles são resistentes a riscos e quebras, por isso é bastante indicado para áreas com bastante circulação.

É claro que essa característica depende de alguns cuidados diários como evitar arrastar móveis pesados. 

 

Mas caso aconteça qualquer avaria, dependendo do tipo de piso, há a possibilidade de recuperar e revitalizá-lo. Basta uma raspagem e aplicação de verniz e o piso estará como novo novamente.

Foto: Evelyn Muller Fotos

Variedade e versatilidade

O piso de madeira combina com qualquer decoração, seja ela clássica ou moderna. Sua versatilidade de uso é tão ampla que ele é encontrado tanto em residências quanto em lojas e escritórios.

A variedade de modelos é grande. Existem desde tacos que podem ser montados com várias padronagens à grandes formatos de réguas em diversas cores.

Fácil limpeza

Outro ponto forte desse tipo de revestimento é a facilidade de limpeza e manutenção.

 

Um aspirador de pó ou uma vassoura de cerdas macias resolvem o problema da poeira. Passar um pano úmido e em seguida um pano limpo e macio para secar bem o piso completam a limpeza.

Absorção de ruídos

Não é à toa que estúdios de música, teatros, auditórios e palcos em casas de shows utilizam piso de madeira.

A madeira oferece um ótimo conforto acústico e uma melhora na qualidade do som produzido.

Os pisos laminados recebem um reforço extra nessa proteção com a instalação de uma manta sobe o piso.

Foto: Evelyn Muller Fotos

Algumas desvantagens do piso de madeira

Baixa resistência a humidade

Esse tipo de piso é bastante vulnerável a líquidos. Uma pequena quantidade derramada é o suficiente para estragar a madeira.

É claro que o piso pode ser mais resistente dependendo do tipo de madeira e do tratamento que recebeu. Mas a recomendação é sempre secar assim que qualquer líquido for derramado.

Limitação em alguns ambientes.

A baixa resistência a humidade limita o uso desse tipo de piso em ambientes onde a água e outros líquidos são presença constante como cozinhas, banheiros e lavanderias.

Manutenção

Apesar de fácil, a manutenção desse tipo de piso é necessária para manter o brilho e a vida útil da madeira. A aplicação de cera e produtos específicos que protejam o piso da ação do tempo deverá ser frequente.

Tipos de pisos de madeira

Piso Laminado

Muitos consideram o laminado apenas um piso que imita madeira. Porém como ele tem madeira em sua composição, podemos sim considerá-lo um piso de madeira.

 

O piso laminado é composto por derivados da madeira como o HDF (painel de madeira de alta densidade) ou aglomerado. Sua superfície recebe uma estampa decorativa protegida por resina. O piso de madeira laminado é separado em peças chamadas de réguas e sua instalação é feita sobre uma manta termoacústica de polietileno através de encaixe das peças ou colado.

 

É muito procurado por ser de fácil instalação e manutenção, pode ser encontrado em uma grande variedade de cores e padrões de estampa e tem um ótimo custo-benefício.

Assoalho de Madeira

O assoalho de madeira é um piso luxuoso e elegante. Feito de pura madeira nobre de grande espessura, o que o torna forte, robusto e mais resistente. Com o tempo perde um pouco do brilho, contudo basta lixar e envernizar para recuperar a beleza original.

 

Apesar de toda essa robustez é mais suscetível a riscos e não é tão eficaz como isolante acústico.

Piso de Madeira de Demolição

Essa é a opção perfeita para quem procura um visual rústico ou vintage e de quebra mais ecológico.

O piso de madeira de demolição é retirado de edificações demolidas. As peças são limpas, tratadas e recuperadas deixando algumas marcas identificando um antigo uso como resto de tinta, riscos e furos dos pregos.

Piso de Taco de Madeira

Muito utilizado em residências nas décadas de 50 e 60, o taco de madeira está em alta e é perfeito para quem quer uma harmonia perfeita entre o estilo retrô com o moderno.

 

Feito de madeira maciça, esse tipo de piso é bem versátil. Pode ser encontrado em várias tonalidades, tamanhos e com seis opções de paginação diferentes. Amarração, espinha-de-peixe, diagonal, dama e escama-de-peixe.

 

O piso de taco de madeira é aconchegante e estiloso, tem bom conforto térmico e acústico é bastante durável e assim como o assoalho pode ser revitalizado lixando e envernizando. 

O processo de instalação é mais delicado e pode ser mais demorado.

Pisos-de-madeira-Quais-os-tipos-vantagens-desvantagens-e-instalação_tipos_de_paginacao
Tipos de paginação de pisos de madeira

Piso de Parquet de Madeira

Assim como o taco de madeira, o parquet foi muito utilizado no passado e está em alta hoje em dia.

O piso de parquet é frequentemente confundido com o taco. Mas enquanto a taco e instalado peça por peça, o parquet é uma estrutura de vários tacos reunidos formando uma peça maior com várias formas geométricas. São instaladas em posições diferentes dando um efeito parecido com um tabuleiro de xadrez.

Assim como o piso de taco, o parquet de madeira tem a instalação mais delicada, mas vale a pena esperar pelo resultado final.

Instalação de piso de madeira.

Agora que você conhece um pouco sobre cada tipo de piso já pode escolher com calma qual é o melhor para o seu projeto.

 

Mas tão importante quanto escolher o modelo de piso é escolher uma empresa de confiança para realizar a instalação. 

Segundo o Engenheiro Decio Fernandes da Atiossi Engenharia, cada tipo de piso tem seu método específico de instalação, por isso, o profissional precisa conhecer bem as características de cada um, além de respeitar as recomendações do fabricante à risca.

Para não correr o risco que materiais contaminantes caiam sobre o piso de madeira a instalação é realizada na fase final da obra, depois que as paredes e outras estruturas já receberam as demãos finais de tinta e gesso.

O engenheiro da Atiossi Engenharia ainda destaca a importância do contrapiso estar perfeitamente nivelado para receber o piso de madeira. Do contrário pode acarretar vários problemas como a má fixação da madeira, desajustes entre o piso e rodapés, desnível entre os outros ambientes, rangidos ao caminhar, entre outros.

Para que todos esses inconiventes sejam evitados é fundamental que o responsável pela obra supervisione de perto todas as etapas da reforma.

Ainda está com dúvida que piso vai combinar melhor com seu projeto? Visite nosso portfólio e confira outras opções.

Todas as fotos são de obras realizadas pela Atiossi Engenharia.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

CADASTRE-SE

NEWSLETTER